Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Já a Seguir

Já a Seguir

Orange is the New Black T6: Saber quando acabar

Manuel Reis, 05.08.18

Orange Is The New Black: 6ª Temporada no Netflix

[Spoilers em relação às temporadas anteriores de OITNB]

 

As séries de sucesso crítico e comercial têm, na sua larga maioria, um problema grave: prolongam-se eternamente no tempo sem que ninguém ponha mão. Isso causa várias situações complicadas para serem resolvidas por quem escreve a série, nomeadamente dar um rumo à mesma. É um problema comum, que acontece, sobretudo, quando a série não tem um end-game bem definido.

 

Ora, o que é que isto tem a ver com Orange Is The New Black (OITNB) e com a sua sexta temporada (que estreou na semana passada no Netflix)? Alguma coisa. A série, que continua a expôr muito bem os problemas das reclusas (alguns específicos para a realidade americana mas, no geral, aplicáveis um pouco por todo o mundo), afasta-se da prisão de segurança mínima (depois dos eventos da temporada passada, era esperado), troca boa parte do elenco secundário por novas personagens e consegue, muito mais facilmente do que nas temporadas anteriores, pôr o espectador a acompanhar as múltiplas storylines de cada episódio.

 

O que foi feito na temporada anterior (toda passada durante três dias, durante um motim) foi o melhor para a série por vários motivos: porque, após a quarta temporada, sentia-se algum esgotamento de ideias mas, sobretudo, porque iria ter implicações em futuras temporadas. Nada podia ser o mesmo depois do motim. Como bónus, a T6 de OITNB começa a dar sinais de final da série. Por muito que a série faça um serviço importante (a história da Taystee, que dá continuidade à temporada passada, é sinal disso), acredito que é mais interessante que uma série possa acabar nos seus próprios termos.

 

OITNB vai regressar no próximo ano para a sua sétima - e, acredito, última - temporada. Espero que resolvam a questão das referências a assuntos correntes - é que esta temporada tem muitas e não se deviam esquecer de que a série se passa algures entre 2013 e 2015.

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.